Escola Virtual

Adesão Institucional

História da Escola Virtual de Governo

No período entre 2013 e 2016, a Enap conseguiu uma série de avanços no campo da educação a distância. Entre esses avanços, é possível mencionar o significativo aumento da quantidade de cursos ofertados (100%) e dos certificados emitidos (400%), bem como a internalização dos serviços de hospedagem e administração do seu ambiente virtual de aprendizagem, de produção multimídia e de planejamento educacional.

No mesmo período, ao contrário do que aconteceu com a Enap, muitas escolas de governo e centros de capacitação experimentaram um cenário de restrições e oscilações no que se refere à infraestrutura e à disponibilidade de recursos e de pessoal. Vivendo esse contexto de restrições orçamentárias, algumas instituições federais buscaram a Enap como alternativa para hospedagem de seus cursos, enquanto outras instituições, principalmente estaduais e municipais, limitaram-se a ofertar cursos cedidos, sem obter avanços no desenvolvimento de novos cursos e no campo da inovação.

Diante desse cenário, a Escola Virtual de Governo surgiu, em 2017, como uma proposta para superar a fragmentação dos serviços de hospedagem e gestão acadêmica, buscando garantir a continuidade dos serviços de capacitação a distância do serviço público e solucionar problemas estruturantes que tenham origem na oferta descentralizada de cursos.

Saiba mais sobre o surgimento da Escola Virtual de Governo.

As primeiras adesões à Escola Virtual de Governo aconteceram em uma cerimônia realizada na Enap no dia 6 de dezembro de 2017. Na ocasião, sete instituições se reuniram para promover a assinatura de um Protocolo de Intenções.

Confira a notícia sobre a assinatura do Protocolo de Intenções.

Depois da assinatura do Protocolo de Intenções, outras instituições manifestaram interesse em participar do Projeto. Essas instituições formalizaram a parceria por meio da assinatura de um Termo de Adesão ao Protocolo de Intenções, e passaram a fazer parte da Escola Virtual de Governo.

Instituições Participantes

Conheça as instituições que já assinaram o Termo de Adesão da EV.G:

Como aderir à EV.G?

A adesão à Escola Virtual de Governo se dá mediante assinatura de um Termo de Adesão ao Protocolo de Intenções.

O Protocolo de Intenções formalizou o compromisso das instituições em estabelecer bases de cooperação técnica e operacional para capacitação e aperfeiçoamento de servidores públicos na modalidade a distância, mediante centralização dos serviços de hospedagem de cursos.

Quais as Modalidades de Adesão?

Há quatro modalidades de adesão para instituições interessadas em fazer parte da Escola Virtual de Governo, a depender de suas necessidades e características:

Conteudistas

São instituições dotadas de legitimidade técnica em assunto específico de sua competência. Essas instituições são responsáveis pela produção de cursos e costumam ter interesse nos serviços de hospedagem fornecidos pela EV.G. Os custos de desenvolvimento dos cursos ficam a cargo dessas instituições, que podem executar diretamente os recursos ou efetuar repasse para terceiros.

Certificadoras

São instituições que possuem legitimidade acadêmica para expedição de certificados para os cursos disponibilizados na EV.G. Essas instituições podem oferecer cursos de forma independente ou associada a alguma instituição conteudista que seja parceira no desenvolvimento do conteúdo. As instituições certificadoras costumam realizar repasse de recursos para a manutenção dos serviços de hospedagem, gestão acadêmica e gestão de dados.

Patrocinadoras

São instituições interessadas em apoiar e incentivar as ações da EV.G, associando sua marca à Escola. Essas instituições podem apoiar e financiar a EV.G por meio de iniciativas diversas, podendo incluir o repasse de recursos, a prestação de serviços necessários à manutenção e evolução da Escola, e o fornecimento de equipamentos, por exemplo. O apoio dessas instituições à EV.G é formalizado em termo próprio, estando sujeito à análise de viabilidade jurídica, política e ética.

Gestoras

São instituições interessadas em apoiar e incentivar as ações da EV.G, motivadas pelo interesse em dados estratégicos de capacitações ligadas a políticas públicas que estão sob sua competência institucional. Assim como as instituições patrocinadoras, as instituições gestoras poderão apoiar e financiar a EV.G por meio de iniciativas diversas, formalizadas em termo próprio e sujeitas à análise de viabilidade jurídica, política e ética.

Saiba mais sobre as modalidades de adesão.

Conheça o Passo a Passo da Adesão